lesões esportivas

Como se prevenir e lidar com as lesões esportivas!

Lesões esportivas são fraturas, torções ou machucados provenientes da má execução de uma prática esportiva. Elas se caracterizam pela ruptura de fibras musculares, cartilagens ou ligamentos, pela distensão na coluna e em outros ossos da articulação.

Basicamente, a melhor forma de evitar é fortalecer a musculatura, treinando a flexibilidade e a estabilização articular, usando carga e repouso pertinentes. Para esclarecer melhor, ensinamos a você o que é preciso fazer para que esse problema não aconteça e também como enfrentar caso surja. Acompanhe!

Como prevenir a lesão esportiva?

Ter cuidado com o corpo, respeitando seus limites, e cumprir os requisitos básicos de preparo e finalização do esporte são as melhores maneiras de prevenir uma fratura. Independentemente de ser iniciante ou veterano no assunto, a lesão tende a surgir com qualquer esforço maior do que o corpo está acostumado, se feito com excesso de intensidade ou de carga e falta de preparo físico.

Antes de iniciar algum esporte, o ideal é que você procure um médico para avaliar suas condições de saúde e realizar exames de check-up preventivo. Feito isso, busque ajuda de um profissional de educação física. De qualquer forma, siga estas três dicas abaixo para se sair bem.

Consuma alimentos saudáveis e se hidrate

Uma alimentação equilibrada e saudável fornece ao organismo os nutrientes necessários para manter o seu bom funcionamento. Por isso, será necessário comprometimento com hábitos de ingestão de alimentos nutritivos e água na quantidade certa. Essa combinação é imprescindível para ter energia e bom desempenho durante o treino e depois dele.

Não tem mistério: diariamente, a dieta deve ser leve, composta por carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. Se não sabe por onde começar, retire os alimentos ultraprocessados, gordurosos e ricos em açúcares. Caso queira um plano alimentar traçado de acordo com os seus objetivos, consulte um nutricionista.

Faça automassagem corporal

Sabe a sensação gostosa que você sente quando se espreguiça ou alonga? É o seu corpo sendo massageado com o estiramento de fibras musculares, articulações e ligamentos. O mesmo pode e deve ser feito após o esporte. A diferença é que você usará as mãos para tocar nos pontos principais de cada parte do corpo.

Faça movimentos sutis (circulares ou retos) nas partes mais afetadas, como panturrilhas, coxas, costas, quadris e joelhos, durante 3 a 5 minutos, para ajudar a restaurar e acelerar a recuperação da musculatura. Incremente com bolas de massagem, aparelhos massageadores ou rolos de espuma consistente.

Exercite-se com equipamentos adequados

Utilize calçados e roupas apropriados para o esporte escolhido, pois são produzidos especialmente para absorver os impactos da força e da velocidade depositadas nas articulações e nos músculos, além de propiciar mais proteção e conforto. Quando for comprar tênis, vestimentas ou acessórios, busque por lojas especializadas em produtos esportivos que possuam material de última linha e boa reputação no mercado.

Além disso, itens como capacete, cotoveleiras, joelheiras, caneleiras, protetor nasal e bucal ajudam na proteção contra outros ferimentos. Utilizar os equipamentos adequados garante segurança nos movimentos, mesmo que causem um estranhamento inicial.

Como lidar com lesões esportivas?

Ao se deparar com uma lesão, é importante manter a calma e entender que é normal ocorrer erros na execução da técnica, na ultrapassagem dos limites de intensidade, na frequência de exercícios etc. Encare como uma sinalização do seu corpo de que você precisa se precaver para que esses machucados não aconteçam. Diante do aprendizado, habitue-se com as seguintes recomendações:

  • consulte um médico periodicamente e também se uma lesão demorar muitos dias para sarar;
  • durma bem (de 6 a 8 horas por dia);
  • respeite os limites do seu corpo;
  • aqueça o corpo antes de treinar;
  • continue se alimentando e se hidratando bem.

É importante se prevenir de lesões esportivas para evitar danos graves ao seu corpo e não prejudicar a mobilidade diária e a prática esportiva. Conservar a boa forma garante performance adequada e o bem-estar geral. Fique atento à carga acumulada durante todo o período de treinamento e saiba discernir a fadiga natural de um cansaço proveniente de desgaste excessivo — nem sempre as lesões aparecem num único treino.

Gostou do tema? Compartilhe este post nas suas redes sociais para os seus contatos aprenderem também!

Powered by Rock Convert

Columbia Sportswear

Conheça nossa Loja Virtual »

POSTS RECENTES

FIQUE POR DENTRO!
Receba dicas de destinos, produtos e muito mais para aproveitar melhor suas aventuras!
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!