tipos de escaladas

Quais são os tipos de escaladas em rocha? Confira as diferenças!

Seja em um momento de lazer, de treinamento ou para conquistar o tão sonhado cume de uma determinada montanha, há vários tipos de escaladas em rocha. Em cada um deles, o praticante deve sempre privar pela segurança, além de utilizar roupas adequadas ao longo da via.

Para você ficar por dentro do assunto, selecionamos alguns tipos de escaladas que são bem comuns por aqui, principalmente pelo fato do nosso país contar com uma rica formação rochosa em vários Estados. Além disso, há um incentivo ao esporte por meio da escalada indoor presente em vários ginásios ou clubes. Confira!

Conheça os diferentes tipos de escaladas

Escalar é uma atividade que faz parte da realidade humana desde os primórdios. Antes de iniciar em qualquer tipo, a dica é sempre seguir as orientações de segurança, além de se preparar fisicamente para encarar o desafio.

Sendo uma expansão do montanhismo, a escalada será uma das novas modalidades na Olimpíada de Tóquio, em 2020. No entanto, vale a pena conhecer as várias vertentes do esporte para você se aventurar nos formatos que mais se conectam com o seu jeito de ser. Vamos a alguns deles que se baseiam em vertentes naturais e artificiais.

Boulder

Este tipo de escalada exige grande esforço por parte do praticante, apesar de não necessitar de muitos equipamentos. Isso porque o desafio é escalar os blocos mais baixos da pedra, tendo o nível de dificuldade nos movimentos e não na altura.

Desse modo, geralmente os praticantes colocam colhões embaixo da rocha para evitar acidentes e se exercitam por meio da flexibilidade corporal. Trata-se de um tipo muito utilizado pelos iniciantes no esporte.

Esportiva

Essa modalidade exige muito conhecimento técnico por parte do atleta. Na esportiva, é preciso chegar até o fim da rocha sem a utilização de equipamentos de apoio. Dessa maneira, o praticante não pode cair em hipótese alguma e ainda não conta com grampos, cordas ou mosquetões. Por isso, é um tipo de escalada voltado para quem já tem muito conhecimento da técnica.

Tradicional

A escalada tradicional é a que exige muito preparo físico e psicológico. Isso porque ela é caracterizada pela conclusão das vias mais longas, necessitando de horas e até mesmo dias para ser concluída.

Com isso, os praticantes muitas vezes acampam ao longo do trajeto e se concentram em um esforço conjunto rumo ao cume. É preciso muito foco, concentração e disciplina, pois há vários níveis de dificuldade ao longo dos diferentes trajetos.

De aventura

Considerada o estilo mais clássico, a escalada de aventura geralmente é praticada por duplas e utiliza somente peças móveis de apoio, ou seja, não altera o relevo da montanha.

Indoor

A escalada indoor é uma das mais conhecidas. Praticada em muros artificiais, é muito utilizada para disseminar o esporte, além de ser um meio de treinamento para quem não está com tempo para ir até uma rocha natural.

A indoor é feita com agarras de resina que imitam as rochas naturais. Geralmente, a superfície artificial fica instalada em clubes ou nos centros urbanos. É uma modalidade que permite o aprimoramento das técnicas para a prática esportiva, sendo fundamental para aumentar a divulgação da escalada entre a população.

Além das citadas, existem outras formas de escaladas, como as realizadas nos Alpes e em altas montanhas — que necessitam de tempo e muito esforço na conclusão dos trajetos até o topo. A dica é sempre adquirir equipamentos de qualidade que auxiliem em uma boa experiência nas rochas.

E aí, ficou interessado em escalar? Então aprenda agora dicas imperdíveis para se aventurar nas montanhas!

Powered by Rock Convert

Columbia Sportswear

Conheça nossa Loja Virtual »

POSTS RECENTES

FIQUE POR DENTRO!
Receba dicas de destinos, produtos e muito mais para aproveitar melhor suas aventuras!
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!