Conheça 3 tipos de viagem que você pode fazer para a Patagônia!

Você já ouviu falar da Patagônia? Para os amantes de aventura, esse local é um paraíso! A região é cercada pela natureza, com diversas opções de trilhas para explorar. A verdade, é que se trata de uma região maravilhosa, de uma beleza indescritível.

Se você ficou curioso para conhecer ou já estava planejando uma viagem para a Patagônia, vem com a gente! Neste texto, separamos 3 maneiras de viajar pela região. Boa leitura!

Explore a Patagônia

A Patagônia é a região da América do Sul e ela inclui o sul do Chile e Argentina. Uma das cidades mais famosas é o Ushuaia, conhecida como a cidade mais austral do mundo. É uma região pouco habitada, por isso as paisagens são como um paraíso intocado.

A melhor época para visitar depende do tipo de viagem que você deseja fazer. Existe a Patagônia de verão e a de inverno. As atividades oferecidas em cada estação são distintas por causa do clima. Se você gosta de apreciar a natureza, observar a fauna e a flora locais, o ideal é viajar no verão. Agora, se você prefere atividades na neve, o ideal é ir no inverno.

Apesar de considerar as duas estações, as temperaturas são baixas o ano todo. Além disso, o vento pode ser cortante em algumas regiões. Por isso, ao viajar, é preciso levar roupas apropriadas para o frio e saber como se vestir em camadas.

Conheça os tipos de viagem para a Patagônia

Vamos conferir agora algumas maneiras de viajar pela região.

1. Self-drive

Esse é um estilo para quem gosta de aventura. Uma das opções para chegar até a região é dirigindo. Você pode pegar um avião até Buenos Aires, Santiago ou Ushuaia e alugar um carro para explorar a região.

Outra opção para quem gosta de dirigir, é viajar no próprio carro. Existem vários relatos de pessoas que fizeram o trajeto de carro, van, moto ou motorhome. É preciso tomar algumas precauções, como manter a manutenção em dia, permissão para dirigir pela América do Sul, e os devidos equipamentos de segurança.

2. Cruzeiro

Outra opção muito interessante é por meio de um cruzeiro. Existem navios saindo do Brasil, Argentina e Chile. As durações são diversas e você pode conhecer lugares diferentes pelo caminho.

Existem também as opções de cruzeiros e excursões que passam próximas às geleiras. É uma das maneiras de explorar as belezas naturais da região. Além disso, você pode ver de perto os pinguins e os leões-marinhos enquanto desfruta de um drink ou de uma refeição à bordo.

3. Roteiro contemplativo

Uma das coisas que não faltam na Patagônia são paisagens de tirar o fôlego. O contato com a natureza é tão intenso que é quase impossível não parar por pelo menos um minuto para apenas contemplar e absorver toda a beleza.

A mistura de locais quase desérticos, formações rochosas, gelo e a vegetação formam um cenário incrível, com cores inusitadas. Um exemplo é a Laguna Esmeralda, que leva esse nome devido à cor de suas águas. Outro exemplo é a Carretera Austral no Chile, considerada a estrada mais cênica da América do Sul.

Você já deve ter percebido que existem diferentes maneiras de se fazer uma viagem para a Patagônia. Escolha uma que se adapte ao seu estilo e curta tudo o que a região pode oferecer. Existe uma Patagônia para cada pessoa, que vai desde hotéis e resorts de luxo até opções de hostels e campings.

Se você gostou de conhecer mais sobre a Patagônia, siga nossas redes sociais. Estamos no Instagram e Facebook!