Você sabe o que é trekking? Descubra como começar a praticar!

Existem diversos tipos de atividades ao ar livre e a procura por modalidades que permitem uma maior interação com a natureza cresceu muito nos últimos anos. Saber o que é o trekking e alguns cuidados na hora de praticar é muito importante para uma aventura segura e prazerosa.

Neste post você vai conhecer mais sobre a modalidade, como praticar e o que observar antes de se aventurar. Saiba que o trekking vai permitir conhecer novos lugares, pessoas interessantes e ter a energia renovada a cada vez que entrar em contato com a natureza.

Como praticar o trekking?

O trekking é uma atividade física que inclui caminhadas regulares de média e longa distância, percorridas a pé por trilhas em meio à natureza. Pode ser praticado como lazer ou em competições, também chamadas de enduro a pé — nesse caso, há regras específicas.

Apesar de ser um esporte relativamente fácil e seguro, o praticante iniciante não deve sair para fazer trekking desacompanhado de alguém experiente. Em alguns trechos é muito fácil se perder em bifurcações ou trilhas mal sinalizadas.

Veja algumas dicas para você começar bem a prática de qualquer tipo de trekking e aproveitar cada minuto de uma das melhores aventuras praticadas na natureza!

Confira as regras gerais

O trekking por lazer pode ser praticado em qualquer local que disponha de uma trilha interessante, mas alguns locais têm acesso restrito e precisam de autorização ou pagamento de taxas que permitam a tramitação de pessoas estranhas.

Já no trekking competitivo existem muitas regras como inscrição com pagamento prévio, planejamento de navegação, tempo de percurso, locais a percorrer, número de participantes, equipamentos utilizados, entre outros.

Leve um isolante térmico

A natureza é uma caixinha de surpresas e não raro vemos mudanças climáticas bruscas a qualquer hora do dia. Mesmo que você saia para uma caminhada leve e de curta duração, não abra mão de um isolante térmico.

Para trekking de mais dias e pernoites é um item obrigatório, pois, as noites a céu aberto costumam ser muito frias, mesmo em dias de verão intenso e mantém o corpo aquecido até passar o temporal ou chegada do resgate.

Providencie os principais equipamentos

O tipo de trekking vai determinar a lista de equipamentos, que varia conforme o tempo de duração da aventura, o nível acidentado do solo e as condições climáticas da região. Faça um check list e inclua: bastão, apito, barraca, isolante térmico, GPS, facas, mochila específica, cantil ou mochila com reservatório de hidratação, saco de dormir, isolante térmico.

Leve as roupas certas

Em qualquer estação use roupas adequadas durante a prática do trekking. Priorize o conforto e a mobilidade, além da resistência, pois, em locais com obstáculos de altura com possibilidade de pequenas escaladas, você vai precisar de roupas que permitam determinados movimentos.

As camisetas e calças em poliamida com tecnologia Omni Wick e Omni Shade, permitem a dispersão com evaporação de suor e o fator de proteção solar FPS 50, respectivamente. A escolha da jaqueta deve observar a temperatura e a velocidade do vento para garantir segurança e manter o aventureiro aquecido.

Compre um calçado adequado e confortável

Esse é o item de maior relevância para os praticantes de trekking. Os pés são a base de sustentação do corpo e o esporte exige um calçado resistente e confortável para suportar tanto a distância do percurso, quanto os impactos ao longo do caminho.

As botas com entressola Techlite e solado Omni-Grip com tração e Non-marking são leves e proporcionam conforto e absorção do impacto. A cada pisada o retorno da energia é facilmente percebido pelo praticante.

O cano longo protege os tornozelos e e permite que movimentos bruscos sejam mais seguros e com menor riscos de acidentes — para não comprometer a conclusão feliz de uma aventura.

Quais são os tipos de trekking?

  • trekking de um dia: prática com percurso de caminhada curta (cerca de 10 km) como lazer;
  • trekking de longa distância: chamado também de travessia, é realizado como lazer em percursos longos que exigem pernoites em ambiente totalmente ao ar livre;
  • trekking de regularidade: competição em grupos que variam de 3 a 6 componentes que desconhecem previamente o trajeto e regras específicas. As funções são divididas em navegador, calculista ou contador de passos;
  • trekking de velocidade: conhecido como corrida de aventura, embora seja competitivo, oferece maior liberdade ao participante, pois permite a escolha do melhor percurso para chegar aos postos de controle predeterminados em menor tempo.

Agora você já sabe o que é trekking e está pronto para se aventurar nesse esporte com conforto e segurança. Lembre-se dos itens necessários e divirta-se!

Você curtiu este post sobre o trekking? Já está preparando a primeira aventura? Então, que tal deixar um comentário para a gente saber o que você pensa sobre o assunto!